Gabinha (01)

Gabriela Guaragna

Formação Feldenkrais Brasil III - Porto Alegre

Segmento 1

"Entre mares de Feldenkrais (ou, melhor de mim mesma), um gole de café."

Um gole de café. O calcanhar queima. A bolha da pressa incrustada nos pés estoura. É novo tempo que chega. O vento gruda no corpo como habitual. Se encosta no corpo e acaricia a cabeleira. Sentia saudades suas. Saudade desse abraço fofinho de nada. De ser nada, sendo tudo. Ser vento voador e pairador do ar mundano. O café abre uma brecha entre a espuma e sorri pra mim. Com a doçura mais terna de seu amargor febril. E ela já se basta. Não necessitando de adoçantes artificiais ou biscoitos de brinde. E a brecha vai aumentando à medida que rabisco aqui. Como meu café o lesse e sorrisse ainda mais. Se enchesse de desvergonha e me mostrasse suas novas possibilidades de rabiscar, sentar, sentir, sorrir. Serve-se de si mesmo num gole interno de mil possibilidades de se experimentar. Agora, criou uma figura tão linda, que não quero bebê-lo. Quero admirá-lo somente. Por que nunca pensamos em comprar cafés para admirar sua beleza? Temos essa mania possessiva de querer tornar tudo. I´ nosso. De consumi-lo until there´s nothing else in the cup. I´ve just thought about Jerry. That´s why I´m speaking in English. I´m not speaking, actually. I´m just thinking and still making (drawings) in this paper. This is funny. Writing thoughts. The coffee is totally smiling right now. So I had a (gole). Não me contentei em olhá-lo. Amoleci-me com sua delicadeza. E voltei a pensar em português. O café falou assim comigo, na minha língua. Emprestei-a a ele por instantes e dançamos. Não seria o mesmo café sem ela e não seria a mesma língua sem ele. Ficava doce a medida que meus dentes amoleciam também e caíam um por um na minha boca. Olho a mesa. Guardanapos que não guardam nada além de si mesmos; adoçante afogando-se em lágrimas artificiais que escorrem pelo frasco. Um biscoito de brinde molhado. E na xícara, escorre a lembrança de um café dançante, que ali já não mais sorri.

Post Recente
Arquivo

© 2014 Criado com alegria pelo Núcleo Feldenkrais

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon